Correndo riscos… Batedor de pênaltis

Brasil, o país do Futebol!!! Nada como tirar lições de um jogo…

Há algum tempo atrás eu comecei a observar que sempre quando acontecia um penalti no meio de uma partida aparecia um jogador corajoso que falava: “Deixa que eu bato!” E eu achava bastante curiosa essa postura… Por inspirar confiança, maturidade… Talvez orgulho… Mas com certeza uma tomada de responsabilidades pelo jogador. Só você, o goleiro e a bola! Ninguém mais pode te ajudar!

Achava muito estranho porque o jogador dava a cara a tapa VOLUNTARIAMENTE. Caso perdesse o pênalti, todos cairiam em cima dele! Se convertesse em gol, não teria feito mais do que a obrigação! Duas situações opostas com 50% de chance cada!!

E eu comecei a me colocar na posição desses jogadores e dos demais do time… E a ficha começou a cair…
Nem todos os jogadores treinam pênaltis intensivamente. Há jogadores com mais aptidões nessa situação que outros… Devem ser esses jogadores que tomam essa decisão corajosa. Justamente porque estão mais preparados do que todos os demais! Não é justo a gente esperar que um Goleiro que vive treinando defesas, reflexos e tudo mais, se voluntarie…. (Rogério Ceni é exceção… hehehe) Mas existe no time a pessoa mais preparada para lidar com essa situação. A pessoa que consegue se controlar mais. A que já está acostumada a treinar com bola parada naquela distância, a que fica menos nervosa, a que passa mais confiança… E cabe a ele assumir a responsabilidade, pois é o mais apto ao momento.
Assim também acontece no dia-a-dia… Quando uma pessoa passa mal: Uma pessoa da área de saúde é requisitada! Quando tem um problema de computador: é a vez de uma pessoa da área de exatas ou geek… E aí que notamos que o nosso aprendizado, às vezes levado sem compromisso, deveria ter sido levado mais a sério! E não são só questões profissionais, mas podem ser de moral, ética, confiança… A partir daí, procurei mudar de postura… E me sentir na responsabilidade de não me omitir!
Se você está bem preparado, corra para a marca do pênalti! E se não está… se prepare! As pessoas que mais se conhecem e (coincidentemente) tem mais possibilidades na vida, são aquelas que aprenderam a correr riscos!

~ por einsteinnjr em 07/07/2008.

2 Respostas to “Correndo riscos… Batedor de pênaltis”

  1. Correr risco é realmente importante. Todo mundo já conhece aquele ditado “No pain, no gain”, mas poucos o interpretam para a vida e o levam a sério mesmo. É isso aí Einstein!

  2. É melhor fazer e errar (tentando acertar)do que não fazer…só assim se aprende a fazer bem todas as coisas…isto é viver intensamente cada momento da vida “a grande dádiva de DEUS.” Thaks GOD, for all the things we have done…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: